Doenças transmitidas por vetores

pequena picada grande ameacaO Dia Mundial da Saúde é celebrado a 7 de abril desde 1950, uma data que foi escolhida pela OMS em 1948, aquando da organização da primeira assembleia da OMS. A partir daí, todos os anos a organização escolhe um tema central que representa uma prioridade na agenda internacional da OMS e que deve ser debatido durante as comemorações da efeméride.

As Doenças transmitidas por vetores são doenças causadas por agentes patogénicos e parasitas em populações humanas. Anualmente, por todo o mundo, verificam-se mais de mil milhões de casos e mais de 1 milhão de mortes relacionadas com este tipo de doenças, como a malária, dengue, shistosomose, tripanossomíase, leishmaniose, doença de Chagas, febre-amarela, encefalite japonesa e oncocercose ou chikungunia.

Embora possam ser prevenidas recorrendo a medidas simples como usar redes mosquiteiras, repelentes, ou recorrer à vacinação, as Doenças transmitidas por vetores são responsáveis por mais de 17% de todas as doenças infeciosas, sendo que mais de metade da população mundial corre o risco de as contrair.

Na Região Europeia da OMS têm vindo a surgir novas doenças deste tipo e algumas das que foram consideradas como eliminadas estão a voltar. O movimento das populações, as mudanças ecológicas, climáticas e ambientais, a deterioração da situação política e socioeconómica, e a interrupção de ações para prevenir e controlar a transmissão são fundamentais para este renovado problema de saúde pública.

Importa esclarecer que os vetores são pequenos organismos, como mosquitos, carraças e caracóis de água doce, capazes de transmitir doenças infeciosas entre seres humanos ou de animais para seres humanos vivos, bem como de as transportar de um lugar para outro, colocando a saúde das populações em risco.

A campanha de 2014 para o Dia Mundial da Saúde destaca as ações que todos nós podemos tomar para nos protegermos das doenças graves que estes ‘vetores’ podem causar, quer quando estamos em casa, quer quando viajamos – com especial ênfase para os viajantes e os migrantes.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s