A verdade acerca da vacinação: proteger o seu filho de doenças graves – I

As vacinas salvaram mais vidas e preveniram mais doenças do que qualquer outra descoberta médica. Há cerca de 100 anos atrás, as doenças infeciosas eram a principal causa de morte no Mundo. Hoje, em Portugal, raramente vemos estas doenças porque a vacinação está disponível.

Os mitos e má informação sobre a segurança da vacinação podem confundir os pais que estão a tentar fazer boas opções acerca da saúde do seu filho.

Esta newsletter pretende esclarecer alguns mitos existentes em relação às vacinas.

Mito: As vacinas causam muitos efeitos secundários, doenças e mesmo a morte.

Factos:

 As vacinas são muito seguras e os seus efeitos secundários graves são muito raros. Uma criança tem maior probabilidade de sofrer problemas devido a uma destas doenças do que devido à vacinação.

 A generalidade das crianças não apresenta reação às vacinas. A maioria dos seus efeitos secundários são ligeiros e temporários, como dor local ou febre baixa.

 As vacinas são submetidas a rigorosos estudos de segurança, durante 10 ou mais anos, antes de serem usadas, tendo de provar ser eficazes e seguras nas crianças.

 

Mito: As crianças já não têm estas doenças, logo não é preciso vaciná-las.

Factos:

 Em locais do Mundo em que as vacinas não estão disponíveis, estas doenças ainda afetam e matam muitas pessoas, sobretudo crianças.

 Quando as pessoas viajam para esses locais, há o risco de trazerem doenças de volta com elas, podendo espalhá-las rapidamente pelas pessoas não-vacinadas.

 

Mito: A administração de muitas vacinas vai sobrecarregar o sistema imunitário das crianças.

Factos:

 Dados científicos mostram que a vacinação com múltiplas vacinas simultaneamente não afeta o sistema imunitário normal da criança.

 A vacinação das crianças o mais cedo possível dá-lhes proteção durante os primeiros meses de vida, quando estão em maior risco de doença.

 Aplicar várias vacinas ao mesmo tempo significa menos visitas ao médico/enfermeiro e é menos traumatizante para a criança.

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s