Higiene íntima da mulher – I

*

A higiene íntima feminina define-se como o conjunto de práticas de asseio da região anogenital, com o objetivo de a manter livre de humidade e resíduos. Compreende o hábito de cuidados específicos, que deverão contribuir para a promoção da saúde, bem-estar, conforto e segurança, prevenindo e minimizando o risco de infeções. A grande preocupação das mulheres é que a falta de asseio da área genital possa promover o desenvolvimento de corrimentos, odores desagradáveis e infeções. A maioria das mulheres terá, pelo menos, uma infeção vaginal durante a sua vida, caracterizada por corrimento, prurido ou odor.

 

Como lavar a zona genital?

A zona genital – vulva, região púbica e raiz das coxas – deverá ser lavada com água corrente e com produtos hipoalergénicos. Durante a lavagem deve fazer movimentos que evitem trazer conteúdo perianal para a região vulvar. Não está recomendada a introdução de água e/ou outro produtos no interior da vagina (lavagens vaginais). Deve secar cuidadosamente as áreas lavadas com toalhas secas e limpas, que não agridam a região. Deverá dar preferência aos banhos com água corrente, para favorecer a remoção mecânica das secreções. Os banhos de assento estarão indicados somente quando houver recomendação médica. Não deve utilizar sprays, perfumes, talcos ou lenços humedecidos. Se a urina provocar lesões, pode utilizar um creme barreira sobre a vulva.

A lavagem deve ser efetuada uma a três vezes ao dia, dependendo do clima, do biótipo, da atividade física e das doenças associadas.

Tempo de higienização: não deve ser superior a 2 a 3 minutos, de forma a evitar a secagem excessiva local.

Produtos que deve utilizar: preferencialmente, produtos apropriados para a higiene anogenital, que sejam hipoalergénicos e com pH ácido (pH fisiológico), variando entre 4,2 e 5,6. Deve utilizar, preferencialmente, produtos líquidos pois os sólidos além de serem mais abrasivos geralmente apresentam pH muito alto (alcalino). Não utilize o vulgar sabão “azul e branco”.

Hidratação: é a última etapa da higiene e geralmente “é esquecida”. A mucosa genital necessita, tal como as outras partes do corpo, de ser hidratada. Os hidratantes deverão ser em gel ou creme vaginal, com pH compatível (ligeiramente ácido). Se já está na menopausa é natural que a sua mucosa genital esteja mais seca, necessitando de especial atenção.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s